Nubank distribui "pedaços da empresa" para clientes nesta terça-feira; saiba como funciona

A partir desta terça-feira (9), os clientes do Nubank receberão um convite na própria plataforma para se tornarem sócios da empresa de forma gratuita. Na última semana, o banco digital comunicou que uma parcela dos seus Brazilian Depositary Receipts ( BDRs ) será para os clientes.

Desse modo, o NuSócios é um programa que a fintech criou para incluir os usuários em sua oferta pública inicial (IPO) na Bolsa norte-americana. Além disso, a operação é uma maneira da abrir as portas para as pessoas entrarem na Bolsa brasileira ( B3 ).

Logo, esta será a primeira oferta realizada pelo banco no Brasil, que ainda deve desembolsar uma doação de 18,3 milhões a 22,9 milhões de BDRs aos clientes. Contudo, a regra consiste em no máximo 1 BDR por investidor.

Leia Também

Programa NuSócios

Em suma, com o IPO da companhia previsto para dezembro, os clientes do Nubank podem tornar-se sócios do banco a partir desta terça-feira (9). Com isso, é possível adquirir um BDR (NUBR33). Ou seja, um recibo que representa uma ação negociada no exterior.

Sendo assim, os BDRs disponíveis aos clientes não terão custo. No entanto, os donos de cada ativo só podem realizar uma negociação 12 meses após adquiri-lo, seja para manter ou vender.

De acordo com as previsões do banco, o preço do BDR após este período estima-se entre R$ 9,35 e R$ 10,29. Ao todo, o programa integra 20.617.614 ativos, somando R$ 202,5 milhões.

Leia Também

Em comunicado, o banco explicou que a previsão é que este ‘pedacinho’ corresponda a 1/6 de uma ação ordinária classe A da empresa líder do grupo Nubank, a Nu Holdings.

Como se inscrever?

“Os clientes elegíveis a receber um pedacinho (do capital do banco) verão as instruções para aceitá-lo no próprio app do Nubank”, destaca o Nubank.

Saiba mais em 1Bilhão , parceiro do iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários