4 dicas de como negociar dívidas online e com segurança

E quem é que não tem dívidas? Com a chegada do final do ano, algumas pessoas usam o 13° salário para organizar a vida financeira e começar um novo ciclo com as contas no azul. Para isso, negociar dívidas online, além de cômodo, é uma solução prática.

Essa tarefa pode parecer fácil, mas requer certos cuidados, principalmente no que diz respeito à segurança de informações que a pessoa fornece durante o processo.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas ( CNDL ) e do Serviço de Proteção ao Crédito ( SPC Brasil ), cerca de 12 milhões de brasileiros já sofreram algum golpe financeiro pela internet nos últimos anos. O resultado representou um prejuízo de quase R﹩ 2 bilhões somente em fraudes.

Portanto, segundo Luiz Henrique Garcia, CEO da QuiteJá, veja como quitar e negociar as suas dívidas online de forma segura:

Leia Também

1 – Negocie com segurança

Já percebeu que os sites protegidos têm um certificado de segurança chamado (Secure Sockets Layer) SSL? Esse selo digital atesta que a plataforma de negociação online é segura .

2 – Preste atenção em canais oficiais

As empresas que trabalham com este tipo de setor possuem canais oficiais em que você pode acessar e checar se há dívidas em aberto no seu CPF.

Leia Também

Além disso, geralmente, os canais mais comuns são o site, WhatsApp e até mesmo via messenger do Facebook. Portanto, é bom ficar atento

3 – Parcerias

Descubra se o seu credor tem, de fato, parceria com a empresa na qual pretende quitar o seu débito. Toda plataforma de negociação tem uma sessão no site com a lista de parceiros.

4 – Origem do boleto

Quando se negocia qualquer dívida de forma online, os boletos são enviados por e-mail ou baixados no próprio site da empresa.

Saiba mais sobre cada dica em 1Bilhão , parceiro do iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários