Por que as ações da Lojas Americanas (LAME3; LAME4) dispararam quase 20% após notícias de reestruturação?

Ainda que o cenário econômico apresente uma série de desafios para as varejistas no campo da inflação e dos juros, a Lojas Americanas (LAME3 e LAME4) teve um certo alívio recentemente.

Nesta segunda-feira (18), as ações da varejista decolaram quase 28%, chegando a R$ 6,33 e R$ 6,41. Já os papéis da Americanas S.A, tiveram uma elevação de 4,33%, indo para R$ 39,07.

Na manhã do mesmo dia, a empresa havia comunicado que estava em fase de análise para uma possível combinação de negócios com a Americanas S.A (AMER3), controladora da varejista. Além disso, a companhia informou que planeja negociar seus papéis na bolsa norte-americana em breve.

Leia Também

Por que as ações dispararam?

Em suma, os papéis da Lojas Americanas decolaram após o anúncio de uma possível reorganização societária com a sua controladora, a Americanas S.A.

Além disso, a varejista revelou um de seus grandes planos para os próximos meses: listar-se no mercado dos Estados Unidos, seja na Bolsa de Nova York ou na Nasdaq. Por outro lado, a mesma também apontou uma possível entrada no Novo Mercado, o segmento de maior governança corporativa da B3 .

Reorganização societária

A Lojas Americanas está listada na Bolsa de Valores brasileira desde 2006. No entanto, em meados de junho de 2021, a empresa B2W se transformou em Americanas S.A, fazendo com que a varejista passasse a ter dois papéis negociados no mercado.

Saiba mais em 1Bilhão , parceiro do iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários