Brasileiros nunca investiram tanto no exterior quanto agora; entenda porquê

O dinheiro dos brasileiros está indo cada vez mais para fora do país. Isso porque, de acordo com o Banco Central ( BC ), os investimentos no exterior somaram R$ 61,6 bilhões entre janeiro e agosto de 2021, uma alta de 44% em relação ao ano passado.

De acordo com o BC, os motivos da procura por aplicações no exterior tem diversos motivos, como a instabilidade política e sensação de insegurança. Tais motivos se sobressaíram tanto que nem mesmo a alta do dólar foi capaz de amenizar a situação.

“Investir no exterior deixou, há muito tempo, de ser uma proteção cambial. Agora, é uma diversificação”, afirmou Rogério Pessoa, responsável pela área de gestão de fortunas do BTG Pactual ( BPAC11 ).

Leia Também

Entenda o motivo do aumento

De acordo com Pessoa, apesar do mercado brasileiro de investimentos ter se modernizado e aumentado cada vez mais, ainda há uma possibilidade maior de produtos para investir em países como os EUA.

Dessa forma, aos clientes que possuem mais de R$ 10 milhões investidos, o BTG recomenda aplicar cerca de 30% do patrimônio no exterior. Atualmente, a média para esse público está entre 15% e 20%.

Além disso, bancos tradicionais, como o Itaú Unibanco, têm aproximadamente 27% do patrimônio de seus clientes aplicados fora do Brasil. “Nos últimos dez anos, o mercado internacional teve um desempenho bem melhor do que o daqui”, afirma Felipe Nabuco, diretor do Itaú Private Bank.

Saiba mais em 1Bilhão , parceiro do iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários