Petrobras (PETR3 e PETR4) é responsável pela alta nos preços da gasolina?

Os impactos causados pela crise econômica devido a pandemia agravaram a inflação no país, e os preços dos combustíveis sofreram um acréscimo significativo, trazendo à tona a necessidade de aplicações de uma reforma tributária.

Além de trazer a necessidade de novas medidas, a elevação dos preços da gasolina, do diesel e do etanol também reacendeu uma guerra entre os Poderes.

O governo federal estabelece o aumento dos preços em cima das altas alíquotas do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços),  apontado como responsável pelos aumentos causado pela Petrobras, bem como gestão de políticas econômicas equivocada na esfera Federal.

Leia Também

Alta dos combustíveis

De acordo com os dados divulgados pela Petrobras , entre 2019 e 2021, o valor médio do combustível sem incidência dos impostos registrou um reajuste de 59%. Logo, o preço foi justificado pelo aumento do custo da operação em todos os fatores de produção.

Responsabilidade do ICMS

Em resumo, o ICMS cobrado pelos Estados corresponde a 2/3 de sua coleta frente aos outros tributos de sua competência e os repasses da União . Assim, o incidente sobre o combustível simboliza uma parte de 20% do arrecadado.

Além disso, nesse aporte contém um repasse aos municípios, que caracteriza quase 30% de sua arrecadação, considerando os demais tributos.

Leia Também

Isto posto, o ICMS pode ser considerado responsável por uma grande parcela da elevação do preço empregue pelos postos de combustível destinado ao consumidor final. Entretanto, o tributo representa a principal fonte de arrecadação dos Estados e dos Municípios.

Saiba mais sobre a relação entre altos preços dos combustíveis e ICMS em 1Bilhão , parceiro do iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários