Crianças na Bolsa de Valores: mais de 13 mil crianças investem na B3 hoje

Às vésperas dos dias das crianças, comemorado no dia 12 de outubro , muitos pais buscam por presentes para seus filhos. Sendo assim, já pensou em dar uma ação como mimo para os pequenos?

Mesmo parecendo algo improvável, muitas crianças e adolescentes investem. De acordo com a Bolsa de Valores ( B3 ), são mais de 13 mil menores de idades presentes no mercado de investimentos. O número representa um aumento de 650% em relação à última década, quando havia apenas 2 mil “cpfzinhos”.

Entenda como essas crianças atuam na bolsa e quais os investimentos para quem é menor de idade.

Leia Também

Opções de investimentos

O cadastro de um menor de idade na Bolsa é simples e rápido de fazer. Entretanto, só é possível com a autorização e supervisão de um responsável que seja adulto. Em relação ao day trade mirim, que é a compra de papéis de empresas para venda no mesmo dia, só dá para ser operado por adultos.

Dessa forma, o aumento do interesse de crianças e adolescentes pelo mercado financeiro inspirou a criação de produtos específicos voltados a esses investidores mirins.

Leia a matéria completa no  site do 1Bilhão. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários