Caixa Econômica terá sua própria corretora de investimentos
Sophia Bernardes
Caixa Econômica terá sua própria corretora de investimentos

Nesta segunda-feira (27), o Banco Central autorizou a criação de uma corretora pela Caixa Econômica Federal. Sendo assim, a Caixa Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários (DTVM) será responsável pela administração e distribuição de produtos de investimento.

Portanto, a sede da corretora estará localizada em São Paulo, com um aporte inicial de R$ 50 milhões para a criação da corretora de investimentos.

Nova corretora, como funcionará?

Desse modo, além da novidade da gestora formada pela Caixa Econômica, a companhia também comunicou que visa realizar a oferta pública inicial de ações (IPO) da corretora em 2022.

Em resumo, o comunicado aconteceu na apresentação do balanço do segundo trimestre da Caixa Econômica por seu presidente, Pedro Guimarães. Entretanto, o mesmo ressaltou que ainda aguardavam a aprovação do Banco Central.

Sendo assim, com a permissão da instituição, o projeto de estreia da gestora na Bolsa de Valores brasileira (B3) , está cada vez mais perto de se tornar realidade.

De acordo com a estatal, após a aprovação do BC, deve durar 20 dias para a transferência de todos os fundos para a nova companhia. Atualmente, a Caixa Econômica é considerada a quarta maior gestora do país. Visto que, o banco detém 426 fundos e R$ 693,9 bilhões sob gestão.

Saiba mais em 1Bilhão , parceiro do iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários