Oi (OIBR3) enfrenta investigação na Anatel sobre a venda das redes móveis
Sophia Bernardes
Oi (OIBR3) enfrenta investigação na Anatel sobre a venda das redes móveis

Nesta quarta-feira (1), o governo encaminhou para a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), analisar os riscos que o impacto das vendas de rede móvel da Oi (OIBR3) apresentam na infração de ordem econômica.

Tendo em vista que, no final do ano passado, a operadora vendeu seus serviços de redes móveis por R$ 16,5 bilhões, para as operadoras Vivo (VIVT3 e VIVT4), Tim (TIMS3) e Claro.

Você viu?

Impasses da venda das redes móveis

De acordo com o deputado Elias Vaz, uma vez que, esse setor é monopolizado e possui extrema relevância na sociedade, a venda para três operadoras concorrentes “concentra o que já está concentrado”.

Além disso, para Vaz essa operação fere o interesse da sociedade e a questão de monopólio. Logo, eles fizeram um pedido ao governo para analisar a situação.

Saiba mais em 1Bilhão , parceiro do iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários