Méliuz (CASH3) reporta prejuízo no segundo trimestre e ações despencam quase 15%
Sophia Bernardes
Méliuz (CASH3) reporta prejuízo no segundo trimestre e ações despencam quase 15%

Nesta segunda-feira (16), a startup brasileira Méliuz (CASH3) reportou um prejuízo líquido de R$ 6,692 milhões no segundo trimestre deste ano. Após o anúncio do balanço, as ações da empresa despencaram quase 15%.

Em comparação com o segundo trimestre de 2020, que teve uma perda de R$ 6,5 milhões, o valor corresponde a uma piora de 2,95%.

Balanço trimestral da Méliuz

Segundo o documento apresentado sobre o balanço do trimestre, no intervalo entre abril e junho, a receita líquida da startup de cashback foi de R$ 43,401 milhões. Isto é, representa um crescimento de 75% em comparação com o mesmo período em 2020.

Você viu?

Nesse sentido, a Méliuz revela que os gastos já eram esperados, principalmente, em razão às novas contratações e investimentos na equipe de funcionários.

Logo, o lucro operacional da startup sob o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 7,2 milhões negativos. Assim, com os descontos, o Ebitda encerrou com um déficit de R$ 2,4 milhões.

Ações da Méliuz

Logo após a divulgação do prejuízo líquido de R$ 6,7 milhões da startup de cashback, por volta das 10h45, às ações da CASH3 despencaram 14,91%.

Saiba mais em 1Bilhão Educação Financeira , parceiro do iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários