CVM estuda mudar regras de classificação do investidor qualificado
Fernanda Capelli
CVM estuda mudar regras de classificação do investidor qualificado

Nesta quarta-feira (21), a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) anunciou que está estudando a possibilidade de alterar as regras que identificam um investidor como qualificado.

A norma anterior classificava como um investidor qualificado aqueles que obtinham mais de R$ 1 milhão em aplicações financeiras. Com a mudança, o valor pode reduzir para R$ 627 mil .

A discussão se deu após uma pesquisa da autarquia constatar que os investidores do varejo podem apresentar um amplo interesse por ativos de maior risco, assim como, produtos financeiros alternativos.

Você viu?

Novas Regras

De acordo com a CVM, a classificação de um investidor qualificado dá acessos diferenciados. Entre eles, aplicações indisponíveis para o varejo, como fundos de investimento em participações, que aplicam em empresas de capital fechado.

Portanto, a mudança pretende abranger investidores com baixo patrimônio, porém, com rendimento mensal de R$ 15 mil. Além disso, aqueles com capital de R$ 627 mil investido também entrariam no perfil.

Saiba mais em 1Bilhão .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários