Demanda por crédito cresce 38% desde o início da pandemia
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Demanda por crédito cresce 38% desde o início da pandemia

Demanda por crédito cresce 38% em desde o início da pandemia

A demanda por crédito no mês de março registrou alta de 38% em relação a igual mês de 2020. Em relação a fevereiro, o aumento foi de 2%, revertendo uma queda de 9% (-) na mesma base mensal de comparação.

Os dados são do Índice Neurotech de Demanda por Crédito (INDC). O indicador mede mensalmente o número de solicitações de financiamentos nos segmentos de varejo, bancos e serviços.

“Este é o primeiro comparativo que temos desde o início da pandemia. Em março do ano passado, inclusive, tivemos bandeiras vermelhas em algumas capitais importantes”, lembra o diretor de Produtos e Sucesso do Cliente da Neurotech, Breno Costa. Segundo ele, duas coisas que explicam o crescimento do crédito nestes últimos 12 meses. A primeira é que, apesar de estarmos em plena segunda onda da pandemia que requer novos distanciamentos sociais, eles estão ocorrendo de forma mais leve. A segunda é que houve uma adaptação do mercado que está mais preparado e, portanto, bem menos vulnerável do que se mostrava no início da pandemia. “Muitas redes passaram a usar mais tecnologia e a realizar a concessão de crédito de forma online”.

Você viu?

Demanda por crédito cresce 38% em desde o início da pandemia

Crédito

No mês passado, os destaques ficaram por conta de Bancos e Financeiras, que puxaram o indicador com alta mensal de 4%. Foi seguido por Varejo, com 2%. O único a registrar queda em março ante fevereiro foi Serviços (-19%).

Leia a matéria completa no  site do 1Bilhão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários