Vivo (VIVT4) faz parceria com CDF para assistência técnica
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Vivo (VIVT4) faz parceria com CDF para assistência técnica

Vivo (VIVT4) faz parceria com CDF para assistência técnica

A Telefônica Brasil (VIVT4), que opera no país sob a marca Vivo , informou na quinta-feira (8) que fechou acordo vinculante com a CDF, marketplace de assistência residencial e tecnológica.

Em comunicado, a operadora de telecomunicações afirma que a extensão da parceria com a CDF a permite ampliar a oferta de suporte tecnológico residencial, incluindo configuração de rede wifi e instalação e configuração de dispositivos inteligentes.

Pelo acertado, a Vivo terá o direito de comprar uma fatia minoritária da CDF, dependendo do atingimento de algumas metas. A operação está em negociação por até 120 dias.

A CDF pediu no mês passado registro para realizar sua oferta inicial de ações (IPO).

Vivo (VIVT4) faz parceria com CDF para assistência técnica

VIVT4

A ação da Vivo (VIVT3, VIVT4) está atrativa mesmo sem a incorporação dos ativos móveis da Oi (OIBR3). O Safra aumentou o preço-alvo para o papel da companhia de R$ 56 para R$ 58, o que implica um potencial de 30% em relação à cotação atual, de R$ 44,55. Em um cenário que considera a consolidação da Oi Móvel, o preço-alvo sugerido pela instituição poderia aumentar em torno de 5%, para R$ 61.

“Após a aprovação regulatória para a venda da unidade móvel da Oi, a Vivo deve consolidar sua posição dominante no setor, apesar de não ter ficado com a maior fatia dos ativos”, afirmaram os analistas Luis Azevedo e Silvio Dória.

Você viu?

O consórcio formado por Vivo, TIM (TIMS3) e Claro venceu o leilão da Oi Móvel, que levantou R$ 16,5 bilhões. A TIM ficou com 44% dos valores de Preço Base e Serviços de Transição (R$ 7,3 bilhões) e terá 14,5 milhões de clientes da Oi, o que corresponde a 40% da base total, enquanto a Claro, por R$ 3,7 bilhões, terá 32% dos clientes transferidos para suas operações.

Já a Vivo, que ficou com 33% do preço de compra, terá 10,5 milhões de clientes da Oi, ou 29% da base total. Com isso, a base de consumidores móveis da companhia aumentará para 88,2 milhões ao fim de 2021, o maior no segmento.

“Somada a ajustes de preços mais racionais no setor no médio e longo prazos, o que reduz o risco de guerra de preços, a incorporação dos ativos móveis da Oi deve trazer um aumento na receita, diluição de custos e melhora nas margens operacionais da Vivo”, afirmaram os analistas.

Veja VIVT4 na Bolsa :

alt

  • Só clique aqui se já for investidor

O post Vivo (VIVT4) faz parceria com CDF para assistência técnica apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários