Vale (VALE3) aprova programa de recompra de até 270 milhões de ações
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Vale (VALE3) aprova programa de recompra de até 270 milhões de ações

Vale (VALE3) pode ter Roberto Castello Branco integrando conselho

O conselho de administração da Vale (VALE3) aprovou na quinta-feira (1) programa de recompra de até 270 milhões de ações ordinárias e seus respectivos ADRs (NYSE:VALE), proposto por seu Comitê Executivo. Com base na composição acionária da mineradora em 28 de fevereiro, a soma equivale a 5,3% do número total de ações em circulação. O prazo do programa é de até 12 meses.

Segundo o Estadão, em fato relevante a empresa ressalta que o programa “não compete com nossa intenção de consistentemente distribuir dividendos acima do mínimo estabelecido por nossa política”. A decisão, acrescenta o comunicado, demonstra a confiança da gestão no potencial da Vale de “criar e distribuir valor de forma consistente”.

No final de fevereiro, ao ser questionado por um analista durante teleconferência sobre os resultados de 2020 se a distribuição de dividendos da companhia não poderia ser maior, o diretor executivo de Finanças e Relações com Investidores da mineradora, Luciano Siani Pires, explicou que a companhia terá pago em 12 meses US$ 7,3 bilhões em dividendos.

Vale (VALE3) aprova programa de recompra de até 270 milhões de ações
Vale (VALE3): lucro líquido de US$ 995 mi no 2º tri e política de dividendos

Vale

A mineradora informa que sua subsidiária Vale Canada Limited (VCL) concluiu a venda de sua participação acionária na Vale Nouvelle-Calédonie (VNC) para o consórcio Prony Resources New Caledônia. O consórcio de investidores, que inclui a Trafigura, contempla uma participação majoritária e não diluível dos interesses da Nova Caledônia.

“Após vários meses de negociação, estou satisfeito por ter concluído o nosso desinvestimento na VNC, beneficiando os empregados, a Nova Caledônia e todos os seus stakeholders. A Vale está totalmente comprometida com esta transação. Ela atende às garantias exigidas nos âmbitos financeiro, social e ambiental e oferece um futuro sustentável para as operações”, afirma o CEO da Vale, Eduardo Bartolomeo em comunicado enviado à Comissão de Valores Imobiliários (CVM).

Você viu?

A empresa diz que sua intenção desde o início do processo de desinvestimento foi se retirar da Nova Caledônia de uma maneira ordenada e responsável. O acordo cumpre isso. “Reconhecemos a Vale por seu profissionalismo na condução do processo e seu compromisso em sair da Nova Caledônia de forma responsável”, disse o Estado francês em um comunicado divulgado nesta quarta-feira.

Veja VALE3 na Bolsa :

alt

  • Só clique aqui se já for investidor

O post Vale (VALE3) aprova programa de recompra de até 270 milhões de ações apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários