Bolsas globais iniciam o dia em alta, com investidores atentos ao FED
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Bolsas globais iniciam o dia em alta, com investidores atentos ao FED

As Bolsas globais iniciaram a terça-feira (16) em alta, com investidores atentos ao início da reunião do Federal Reserve.

No Brasil, o mercado também espera pela decisão de política monetária do Copom , que começa seu encontro hoje. Destaque ainda ao novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

O Ibovespa Futuros abriu estável, com leve baixa de 0,04% perto das 9h19, seguindo o exterior misto à espera das reuniões de política monetária no Brasil e nos EUA.

Lá fora, os futuros dos índices americanos operavam em alta, com o Dow Jones Futuros, S&P 500 Futuros e Nasdaq Futuros subindo 0,02%, 0,14% e 0,55%, respectivamente.

Por aqui, os investidores seguem acompanhando a reação dos estados e municípios à alta de casos de Covid-19, que abriu o debate sobre lockdowns e colocou agora Minas Gerais sob a nova fase roxa, em que apenas os serviços essenciais podem funcionar e apenas as pessoas que trabalham nessas atividades devem circular pelas ruas das cidades.

Expectativa de pacote de auxílio financeiro eleva ações mundiais nesta sexta-feira

Bolsas

Em São Paulo, o governador João Doria admitiu ontem a possibilidade de colocar o estado sob as mesmas condições caso as contingências do plano emergencial, iniciado nesta segunda (15), não deem o resultado esperado.

Enquanto isso, o presidente Jair Bolsonaro anunciou ontem à noite, nas redes sociais, ter acertado a nomeação do médico Marcelo Queiroga como ministro da Saúde.

Os dois se reuniram ao longo da tarde no Palácio do Planalto para discutir a troca no comando da pasta. O anúncio também foi feito pelo presidente durante conversa com apoiadores na porta do Palácio do Alvorada.

No radar também fica a reunião de dois dias do Comitê de Política Monetária do Banco Central, o Copom, que deve iniciar o novo ciclo de alta de juros com um aumento de 50 pontos-base, saindo da mínima histórica da pandemia à medida que as projeções de inflação para os próximos meses seguem elevadas.

Você viu?

A decisão, junto ao comunicado, deve ser divulgada na quarta, a partir das 18h30.

Bolsas: Brasil

Na esfera política, após apoiar a aprovação da PEC do auxílio, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), cobrou do ministro da Economia, Paulo Guedes, medidas concretas para os brasileiros não ficarem reféns de “oportunistas” altas de preços, como de alimentos e material de construção.

Pacheco vai se reunir com Guedes para discutir o avanço dos preços. Guedes e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, deverão ser convidados para uma videoconferência para falar sobre o assunto na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

  • Só clique aqui se já for investidor

Bolsas: n otícias do dia

Corte de salários – A nova rodada do programa que permite às empresas cortarem jornada e salário e suspender contratos de trabalho deve ter custo total entre R$ 5,8 bilhões e R$ 6,5 bilhões para o governo, aponta matéria do Estadão, citando nota técnica do Ministério da Economia à qual o jornal teve acesso.

Tesouro – O melhor pacote fiscal hoje é a vacinação rápida contra a Covid-19, disse o secretário do Tesouro, Bruno Funchal, em entrevista ao Globo. Ele afirmou ainda que o debate sobre reduzir gastos com o funcionalismo pode voltar durante a tramitação da Reforma Administrativa.

Inflação – O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) passou a subir 2,99% em março, depois de avançar 2,97% em fevereiro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira.

Notícias corporativas

  • Petrobras (SA:PETR4) – O Comitê de Pessoas da Petrobras se reúne nesta terça-feira, 16, e entre os itens constantes na agenda, está a análise da indicação de Joaquim Silva e Luna para a presidência da estatal.
  • Petrobras II – A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) não identificou, durante as análises de operações apontadas como suspeitas envolvendo contratos de opções de venda de ações da Petrobras, o ganho noticiado da ordem de R$ 18 milhões.
  • Estatais – O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que a privatização da Petrobras é uma ideia que ainda precisa ser discutida com muito rigor técnico e político. Para ele, a pauta de privatizações neste momento está concentrada na Eletrobras (SA:ELET3) e nos Correios, com base em propostas encaminhadas pelo governo do presidente Jair Bolsonaro ao Congresso.
  • Banco Inter (SA:BIDI4) – O conselho do Banco Inter aprovou o pagamento de R$ 10 milhões em juros sobre o capital próprio, com valor de R$ 0,013589821 por ação, a serem pagos no dia 30 de março. As ações passarão a ser negociadas ex-juros a partir de 20 de março.
  • Sanepar (SA:SAPR11) – A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar (SA:SAPR11)) comunicou nesta segunda-feira, 15, que vai prorrogar a cobrança de contas de água e esgoto para clientes cadastrados na Tarifa Social por 90 dias a partir do próximo dia 20.
  • BB Seguridade (SA:BBSE3) – A emissão dos prêmios de vida da BB (SA:BBAS3) Seguridade atingiram R$ 236 milhões em janeiro, alta de 6,4% na base anual, informou a empresa em comunicado. No ramo empresarial, os prêmios foram de R$ 28 milhões, um crescimento de 55,9%.
  • IMC – A IMC anunciou ontem Alexandre Santoro como novo presidente-executivo da companhia a partir de 1º de abril. Santoro, que foi presidente global da rede Popeyes e vice-presidente de Supply Chain da Restaurant Brands International (RBI), holding do Burger King (SA:BKBR3), Tim (SA:TIMS3) Hortons e Popeye, substituirá Newton Maia.
  • Vale (SA: VALE3 ) – A assembleia geral da Vale da próxima sexta-feira (19) deve discutir o direito de recompra pela companhia das debêntures perpétuas, emitidas na época da privatização da empresa, em 1997. Segundo o Estadão, detentores dos títulos de dívida brigam por uma contrapartida para ceder o direito de recompra, que não estava previsto na escritura dos papéis.
  • Eletrobras – A Eletrobras adiou novamente a divulgação de seus resultados para o quarto trimestre de 2020, agora para a próxima sexta-feira, 19, após o fechamento do mercado. O balanço estava previsto para esta segunda-feira, 15.
  • Eletrobras II – A Eletrobras recebeu ofício do Ministério de Minas e Energia (MME) com a informação de que nesta terça-feira, 16, o Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI) vai deliberar sobre a qualificação da companhia no PPI, e sua inclusão no Programa Nacional de Desestetização (PND).
  • JSL (SA:SIMH3) – A JSL anunciou nesta segunda-feira, 15, que Ramon Perez Martinez Garcia de Alcaraz será o novo diretor presidente da companhia, além de se tornar acionista. O movimento faz parte da operação de aquisição de 25% da Fadel Holding, controlada pela JSL, que estavam nas mãos de Ramon, que assume a presidência da JSL em 14 de abril.
  • Aliansce (SA:ALSO3) – A administradora de shopping centers Aliansce Sonae informou na noite desta segunda-feira (15) que, a partir desta terça (16), estão suspensas as operações do Boulevard Shopping Belém e do Parque Shopping Belém. A interrupção deve durar, pelo menos, até o dia 22 de março.
  • Volkswagen – A Volkswagen divulgou nesta terça-feira (16) que teve lucro operacional de 7,98 bilhões de euros no quarto trimestre de 2020. No mesmo período, o ganho após impostos somou 7,09 bilhões de euros e as vendas totalizaram 67,4 bilhões de euros. (Com Agências).

O post Bolsas globais iniciam o dia em alta, com investidores atentos ao FED apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários