Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Indústria do cigarro movimenta R$ 16 bilhões no Brasil

País já é o segundo maior produtor de tabaco e o maior exportador do mundo

iG Sâo Paulo |

Embora o número de fumantes tenha caído no Brasil nos últimos anos – passando de 16,2% da população adulta em 2006 para 15,1% no ano passado –, a indústria do fumo continua muito bem. O consumo em queda não teve impacto no faturamento do setor, que inclusive cresceu em 2010 frente a 2009: R$ 16,992 bilhões ante 16,944 bilhões, segundo estimativa da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afulra). 

Bloomberg via Getty Images
Cigarros empilhados: Brasil é o segundo maior produtor de tabaco do mundo
É uma indústria que também paga muito imposto, com 78,74% de carga tributária. Só em 2010, o desembolso com tributos chegou a R$ 9,3 bilhões. As leis de restrição ao fumo parecem não impactar na produção de tabaco no país, o segundo maior produtor de tabaco do mundo, atrás apenas da China.

Leia mais:

Pare de fumar hoje

Relembre quais famosos morreram em decorrência do cigarro

Em 2010, a produção de fumo no país alcançou 832.830 toneladas, mostrando a recuperação do setor, após as sucessivas quedas sofridas desde 2004, quando atingiu o pico de 851.060 toneladas.

Na comparação com 2009, houve aumento de 20% frente às 691.870 toneladas produzidas neste ano.

Saiba mais:

Austrália proíbe logo de marcas em embalagens de cigarro

Governo adia aumento de impostos sobre cigarro

Sul produtor

No país, a produção se concentra na região Sul, com 96% da área plantada. O Nordeste responde pelos 4% restantes. E é em Santa Cruz do Sul, uma cidade de pouco mais de 118 mil habitantes localizada no centro do Rio Grande do Sul, que a indústria finca suas raízes. As duas principais fabricantes de cigarro do país, a Sousa Cruz e a Phillip Morris, possuem fábricas no município.

Cover/Getty Images
Indústria brasileira de tabaco movimenta R$ 16 bilhões por ano
A Afulra estima que o país tenha mais de 223 mil famílias produtoras de fumo, sendo que 186 mil estão na região Sul. Dos total de 1.188 municípios dos três Estados – Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul -, 720 produzem tabaco, ou seja, mais de 60%.

Exportações

Após o recorde de US$ 3,02 bilhões, em 2009, as exportações registraram queda de 10% no ano passado, até US$ 2,73 bilhões. O volume exportado também caiu: de 672 mil toneladas para 503 mil toneladas, ou seja, 25%. O tabaco responde por 1,4% do total de embarques brasileiros.

Veja mais: MP permite que fabricantes de cigarros voltem a fazer publicidade

O maior comprador no exterior é a União Europeia, destino de 45% do total exportado, seguida do Sul e Sudeste Asiático e da Oceania, com 20%. África e Oriente Médio (13%), América do Norte (10%), Leste Europeu (8%) e América Latina (4%) completam a lista.

Leia tudo sobre: cigarrotabacoproduçãoindústriafumo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG