Para diminuir o tempo e os custos do processo seletivo tradicional, a empresa aborda jovens com potencial, mesmo os que não se candidataram para as vagas disponíveis

Com o foco de diminuir os gastos e aumentar a retenção de profissionais, a Votorantim Cimentos decidiu inovar o processo seletivo para o Programa de Trainees 2014. Em parceria com a empresa de recrutamento 99jobs e com a Next, braço de recrutamento do grupo Box 1824, a companhia adicionou ao seu processo tradicional a busca de candidatos por meio de redes sociais e também pessoalmente, em locais frequentados por jovens que possam ter o perfil desejado para as 14 vagas disponíveis.

Paula Gianetti, gerente-geral de captação e desenvolvimento de talentos da Votorantim Cimentos
Divulgação
Paula Gianetti, gerente-geral de captação e desenvolvimento de talentos da Votorantim Cimentos

De acordo com Paula Gianetti, gerente-geral de captação e desenvolvimento de talentos da Votorantim, o maior desafio das seleções, que podem contar com até 20 mil inscritos e chegam a demorar seis meses, é otimizar o trabalho e encontrar os profissionais com a melhor aderência possível à cultura da organização. “Em um processo tradicional, a gente não consegue detectar isso”, conta a executiva. “Minimizar [o tempo e os custos] e encontrar as pessoas que tenham as características necessárias para as atividades, mas que também tenham um alinhamento com nossos valores, é uma coisa completamente inédita”, comenta.

Veja também: Estagiários de engenharia são os mais valorizados no mercado de trabalho

O novo processo começa pela identificação do perfil ideal de profissional para trabalhar na Votorantim. Para isso, as empresas parceiras visitaram a organização e conversaram com os trainees aprovados nas últimas seleções, mapeando o comportamento deles dentro e fora do ambiente de trabalho. Foram analisados desde a trajetória do funcionário dentro da Votorantim até interesses pessoais, como os grupos sociais que essas pessoas frequentam ou o tipo de leitura que fazem. Com essas informações, os parceiros passaram a buscar jovens com personalidades e interesses parecidos.

A participação da Next no processo de seleção da Votorantim consiste em atrair potenciais candidatos presencialmente. Com colaboradores inseridos em faculdades espalhadas por todo o País, a empresa se aproxima dos universitários para identificar quem se sobressai. “A gente conversa com alunos, professores e organizações estudantis para entender quem são as pessoas influentes naquele cenário. A gente constrói um mapa de influências e vai atrás dos nomes mais citados”, diz Rajesh Rani, diretor de planejamento da empresa.

Leia mais: Confira 13 dicas de etiqueta profissional nas redes sociais

Para evitar que os universitários escondam sua verdadeira personalidade e não sejam honestos durante a conversa, a equipe da Next só cita a vaga de emprego no final do processo, quando é constatado que aquela pessoa tem o perfil que a Votorantim procura. “A abordagem foge completamente do padrão de uma entrevista de RH. A gente simplesmente senta com a pessoa e tem uma conversa extremamente informal. E o ambiente faz toda a diferença”, conta Rani.

Já para a 99jobs cabe a função de pesquisar na internet os perfis de recém-formados que se mostraram interessados em trabalhar na Votorantim. Quando os usuários entram no site do parceiro a partir da sua conta nas redes sociais, eles concedem acesso aos dados cadastrados no perfil e respondem a perguntas pessoais e profissionais. A partir daí, a 99jobs combina essas informações com as características procuradas pelo seu cliente e apresenta quem mais se aproximou do ideal.

Com os candidatos pré-selecionados por esses métodos, fica por conta da Votorantim fazer as entrevistas finais da seleção. “Por mais que esse processo final continue acontecendo, a empresa impacta menos pessoas. Ela não precisa mais impactar 30 mil pessoas para validar 30”, avalia Bárbara Teles, gerente de Relacionamento da 99jobs.

Veja também: Setores formais abrem espaço para tatuagens e outras expressões visuais

Segundo a executiva Paula Gianetti, com a implementação da nova metodologia, a Votorantim reduziu em 50% a duração do processo seletivo de trainees e diminui os custos em 40%.

Serviço

O processo de seleção do Programa de Trainees 2014 da Votorantim Cimentos ainda conta com o método tradicional de inscrições. Veja abaixo como se candidatar:

Pré-requisitos: Podem participar candidatos que concluíram a faculdade a partir de dezembro de 2011 ou que encerrarão até dezembro de 2013
Inscrições: até 18 de outubro de 2013

Site para inscrições: www.produzindofuturos.com/trainees

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.