Companhia aérea vive “maré ruim” com notícias negativas sobre seu serviço após expulsão de passageiro por overbooking; veja história do escorpião

Brasil Econômico

United Airlines afirmou que deu todo o suporte médico necessário ao cliente picado por escorpião
Reprodução
United Airlines afirmou que deu todo o suporte médico necessário ao cliente picado por escorpião

É uma fase difícil para a United Airlines. Depois de retirar à força um passageiro em um voo de Chicago por causa de overbooking,  sendo acusada de agressão ao consumidor, um cliente que voava de Houston para Calgary foi picado por nada menos que um escorpião dentro de uma aeronave da companhia aérea.

A criatura venenosa caiu de um bagageiro e aterrissou nos cabelos de Richard Bell enquanto ele almoçava na aeronave da United Airlines ,  no último domingo, em uma poltrona da classe executiva, segundo afirmou sua esposa Linda Bell à rede de TV “CNN”. “Meu marido sentiu alguma coisa no seu cabelo, então passou a mão na cabeça e acabou tendo o dedão picado pelo escorpião, que caiu em sua bandeja”, contou.

A mulher ainda disse que seu marido tirou o artrópode da mesinha e o jogou no chão do corredor, chamando a atenção de um passageiro próximo, que começou a gritar, assustado.

Leia também: Vídeo mostra passageiro sendo arrastado para fora de avião da United Airlines

Não se sabe ainda como o bicho foi parar dentro da aeronave. O voo saiu da Costa Rica e seguia em direção a Houston, nos Estados Unidos, no começo da manhã do domingo, segundo a FlightAware, uma plataforma de monitoramento de voos.

Richard e Linda estava voltando para casa depois de alguns dias de férias. A mulher ainda contou que a tripulação da aeronave rapidamente pegou a criatura venenosa, jogando-a na privada e dando descarga.

"Nossos comissários de bordo ajudaram um cliente que foi picado por um bicho que parecia ser um escorpião em um voo na semana passada", confirmou a United em um comunicado. "Nossa equipe imediatamente consultou um médico MedLink que forneceu orientação durante todo o incidente, garantindo a nossa tripulação que não era um caso urgente, com risco de vida."

Leia também: Mais de 80% dos brasileiros afirmam que a situação da economia é pior este ano

A companhia aérea afirmou que uma equipe médica encontrou a aeronave quando pousou em Calgary.  De acordo com Linda Bell, outro passageiro deu a seu marido uma pílula de antialérgico no caso de ter uma reação alérgica à picada. Ela ainda afirmou que a United Airlines pediu desculpas e ofereceu uma compensação em dinheiro pelo incidente. Tais incidentes são raros, mas não desconhecidos. Um escorpião teria picado uma mulher em 2015 em um voo da Alaska Airlines de Los Angeles para Portland, Oregon.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.