Tamanho do texto

Índice aponta uma recuperação contínua, afirma economista da The Conference Board

A zona do euro manteve sua recuperação em abril em um ritmo tímido, porém estável, segundo a entidade privada de análise The Conference Board, cujo índice subiu 0,9% até 110,4 pontos. "O índice "aponta uma recuperação contínua, embora ainda frágil", assinalou Jean-Claude Manini, economista-chefe para a Europa da entidade, em comunicado.

Apesar da volatilidade recente nos mercados financeiros europeus, os efeitos de rebote após a recessão seguem dominando a recuperação, acrescentou. O índice "teve uma sólida tendência de alta, o que sugere um aumento moderado na atividade econômica na segunda metade do ano", recalcou Marini.

Para o economista-chefe da entidade, Bart van Ark, os desequilíbrios estruturais causados pela crise financeira poderiam fazer com que o crescimento da Europa seja lento durante 2011 e inclusive nos próximos anos. "Para 2010, seguimos projetando índices de crescimento moderadamente positivos para a maior parte dos países europeus, com exceções na Espanha, Grécia e Irlanda, que terão descensos", acrescentou.

O índice LEI que elabora a entidade aumentou 15,6% desde março de 2009. Em abril, seis de seus oito componentes registraram tendência positiva.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.