Tamanho do texto

SÃO PAULO - A mineradora anglo-suíça Xstrata e sua parceira Merafe Resources anunciaram mais um corte de produção, provocado pela queda da demanda mundial. As companhias disseram que suspenderão 406 mil toneladas da capacidade anual de produção do ferrocromo, componente importante para tornar o ácido inoxidável resistente à corrosão. Com essa declaração, somado ao corte de 500 mil toneladas da produção no início de novembro, as empresas passam a operar com 52% de sua capacidade ociosa.

"Nenhuma demissão de trabalhadores permanentes está prevista, para que a joint-venture possa retornar à sua capacidade rapidamente e eficientemente quando as condições do mercado assim o permitirem", diz o anúncio das empresas.

(Vanessa Dezem | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.