Tamanho do texto

A Bolsa de Nova York encerrou a sexta-feira em baixa, devido à decisão dos operadores de capitalizar seus lucros ao término de uma semana de importantes ganhos: o Dow Jones caiu 1,87%, e o Nasdaq, 2,63%.

O Dow Jones Industrial Average perdeu 148,38 pontos, a 7.776,18 unidades, e o Nasdaq, de alto componente tecnológico, recuou 41,80 pontos, a 1.545,20, segundo números definitivos do fechamento.

O índice ampliado Standard & Poor's 500, por sua fez, fechou a -2,03% (16,92 pontos), a 815,94 unidades.

O mercado registrou uma série de realizações de lucros, que aconteceram de maneira bastante "natural" e "saudável", indicou Owen Fitzpatrick, do Deutsche Bank.

O grupo de informática Accenture deu o tom do pregão: sua ação despencou 13,45%, a 27,66 dólares, depois que a empresa divulgou uma revisão para baixo de suas previsões, passados dois meses (janeiro e fevereiro) já muito baixos, embora permanecesse declarando-se imune à degradação da conjuntura até agora.

"As pessoas achavam que o setor (de tecnologia) era um refúgio", lembrou Fitzpatrick.

De maneira geral, o mercado se ressentiu depois de "um dos movimentos mais importantes já vistos no mercado financeiro", destacou o analista do Deutsche Bank.

Desde o fechamento do dia 9 de março, o Dow Jones se recuperou em 21%. O Nasdaq chegou a superar os prejuízos acumulados no péssimo começo de ano.

Ao longo desta semana, os dois índices ganharam, respectivamente, 6,84% e 6,03%, registrando sua terceira alta semanal consecutiva.

"A curto prazo, o mercado financeiro tem sido objeto de compras exageradas e precisa assimilar seus recentes lucros. Esperamos que isso assuma a forma de uma consolidação dentro de uma margem limitada, e não com vendas maciças e súbitas", observou John Wilson, da Morgan Keegan.

O mercado obrigatório terminou sem direção definida, depois que o Federal Reserve comprou mais 7,5 bilhões de dólares em bônus do Tesouro. O rendimento dos títulos do Tesouro a 10 anos subiu a 2,761%, contra 2,733% na quinta-feira, enquanto o dos bônus a 30 anos caiu a 3,618%, contra 3,651% na véspera.

mla/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.