Tamanho do texto

Nova York - A Bolsa de Nova York intensificava hoje sua queda e o Dow Jones Industrial caía 3,82% antes da metade do pregão, depois que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, explicou a postura de seu Governo a respeito das empresas automotivas General Motors (GM) e Chrysler.

Esse indicador da bolsa caía 296,69 pontos (3,82%), para 7.479,49 pontos, enquanto o índice tecnológico Nasdaq perdia 44,48 pontos (3,59%), para 1.489,50 pontos.

O índice seletivo S&P 500 caía 29,87 pontos (3,66%), para 786,07 pontos.

Obama disse hoje que a GM e a Chrysler não estão se reestruturando "com a suficiente rapidez" e concedeu 60 dias à primeira e 30 dias à segunda para se reformarem "fundamentalmente", antes que o Governo possa injetar mais dinheiro público nessas companhias.

As ações da GM lideravam a queda no Dow Jones Industrial e perdiam cerca de 21%, enquanto as entidades financeiras também registravam perdas significativas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.