Tamanho do texto

A Bolsa de Nova York fechou em sensível alta nesta segunda-feira, confiante nos resultados das empresas que serão divulgados durante a semana: Dow Jones ganhou 0,96% e Nasdaq, 0,91%.

O Dow Jones Industrial Average avançou 96,28 pontos, a 10.092,19 unidades, e o Nasdaq, de alto componente tecnológico, ganhou 19,52 pontos, a 2.176,32.

O índice ampliado Standard & Poor's 500 avançou 0,94% (10,23 pontos), a 1.097,91, após superar os 1.100 pontos durante o pregão, algo inédito no ano.

"Na semana passada, os primeiros resultados, particularmente (do banco) JPMorgan Chase e (do grupo de informática) Intel surpreenderam o mercado por sua excelência, e depois o mercado duvidou se todos teriam tão boas performances. Por esta razão, a Bolsa recuou na sexta-feira", disse Marc Pado, da Cantor Fitzgerald.

"Mas a realidade é que 80% das empresas que publicaram seus resultados superaram as previsões. Em consequência, no início da semana que marca o ápice da temporada de resultados, o mercado conclui que teremos numerosas cifras superiores às previsões, em todos os setores, e não apenas nas finanças e na informática".

A maior alta no índice Dow Jones ficou com o fabricante de máquinas para construção Caterpillar, que deve publicar seus resultados nesta terça-feira, antes da abertura de Wall Street. O papel da Caterpillar subiu 6,01%, a 57,85 dólares.

Apenas cinco ações do índice Dow Jones fecharam no vermelho.

Esta semana, "mais de 130 empresas do S&P 500 devem publicar seus resultados, paralelamente a divulgação de numerosos indicadores do setor imobiliário, preços no atacado, atividade econômica, desemprego e consumo", destacou John Stoltzfus, da Ticonderoga Securities.

No mercado obrigatório, o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos caiu a 3,395%, contra 3,417% na noite de sexta-feira. Os papéis a 30 anos fecharam a 4,217%, contra 4,247%.

mla/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.