Tamanho do texto

Por Aluísio Alves SÃO PAULO (Reuters) - Apoiada no desempenho positivo de Wall Street e nos ganhos das ações da Vale nesta segunda-feira, a Bovespa recuperou-se das perdas da abertura e fechou no azul pela primeira vez em quatro sessões.

Após ter chegado a cair para a casa dos 67 mil pontos nos primeiros minutos de negócios, o Ibovespa foi ganhando força até fechar em alta de 0,31 por cento, aos 69.041 pontos. O giro financeiro do pregão foi de 5,1 bilhões de reais.

Os mercados acionários norte-americanos reagiram bem à aprovação da reforma no setor de saúde pelo Congresso dos Estados Unidos, o que pôs fim a incertezas sobre o tema.

Em Wall Street, ações de empresas de saúde e de tecnologia lideraram os ganhos. Papéis de bancos, alvos de outra reforma pretendida pelo governo do presidente norte-americano, Barack Obama, a do setor financeiro, também subiram.

"Isso aliviou as coisas aqui, junto com a recuperação da Vale", disse o anlista Pedro Galdi, da SLW corretora.

O papel preferencial da mineradora avançou 1,1 por cento, para 47,32 reais, em meio às expectativas pelo reajuste que a companhia está negociando com siderúrgicas da China.

Essa combinação se sobrepôs ao mau humor da abertura, quando ainda prevalecia o pessimismo com o aumento do juro na Índia, anunciado na sexta-feira, levantando temores de uma escalada de alta de juros em mercados emergentes, e de novos comentários de que a União Europeia não deve oferecer ajuda financeira à atribulada economia da Grécia.

O papel preferencial da Petrobras terminou a 36,24 reais, estável, após a companhia ter divulgado na sexta-feira à noite lucro líquido de 8,13 bilhões de reais no quarto trimestre de 2009, ante 6,19 bilhões de reais em igual período do ano anterior.

Em relatórios, analistas divergiram sobre os resultados apresentados. A Ativa Corretora considerou o balanço "um pouco mais fraco que as estimativas em receita líquida, mas com um 'bottom line' melhor". Já a Link Corretora avaliou os números um pouco melhores do que as expectativas.

JBS foi líder de alta do Ibovespa nesta sessão, subindo 4,5 por cento, a 8,15 reais. Na última sexta-feira, a ação do frigorífico ficou na ponta oposta do índice, com queda de mais de 5 por cento, após o anúncio de acordo de compra da australiana Rockdale Beef.

Vivo foi outro destaque entre as ganhadoras desta segunda-feira, subindo 2,8 por cento, para 50,16 reais, após jornais portugueses noticiarem que a Portugal Telecom tem um plano para comprar a fatia na empresa brasileira hoje detida pela espanhola Telefónica.

O pregão desta segunda-feira marcou a estreia da OSX, empresa de equipamentos para o setor de petróleo e gás do bilionário Eike Batista. O papel debutou na Bovespa com uma derrocada de 12,5 por cento, a 700 reais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.