Tamanho do texto

Por Angela Moon NOVA YORK (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos encerraram em alta nesta quarta-feira, revertendo perdas anteriores, uma vez que a fraqueza do dólar alimentou o apetite por ativos considerados de maior risco, amparando um avanço de última hora nas ações de companhias ligadas aos setores financeiro, tecnológico e de matérias-primas.

As ações voltaram a subir após dois dias seguidos de queda devido às preocupações com a dívida externa e a uma alta do dólar, com investidores buscando segurança.

"Se trata principalmente da inversão do dólar após algumas sessões de liquidação", disse Marc Pado, estrategista de mercado norte-americano da Cantor Fitzgerald em San Francisco.

No fechamento desta quarta-feira, o índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançou 0,50 por cento, para 10.337 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,49 por cento, para 2.183 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve valorização de 0,37 por cento, para 1.095 pontos.

O índice global do dólar, cujo movimento tem sido inversamente proporcional ao das ações desde que o índice S&P 500 atingiu o fundo do poço no início de março, recuou 0,4 por cento.

No índice Nasdaq, as ações da Apple fecharam em alta de 4,2 por cento, aos 197,80 dólares, após a Oppenheimer ter divulgado relatório em que afirmou que a fabricante dos populares iPod, iPhone e Mac está se preparando para lançar um tablet, computador semelhante a uma prancheta com tela, no fim de março ou em abril.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.