Tamanho do texto

Brasília, 30 - O presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Wagner Rossi, substituirá o atual ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes. Ao anunciar a decisão, esta tarde, Stephanes disse que a escolha de Rossi para sucedê-lo, em detrimento do secretário-executivo da pasta, Gerardo Fontelles, cujo nome vinha sendo discutido, não significa uma derrota.

Brasília, 30 - O presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Wagner Rossi, substituirá o atual ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes. Ao anunciar a decisão, esta tarde, Stephanes disse que a escolha de Rossi para sucedê-lo, em detrimento do secretário-executivo da pasta, Gerardo Fontelles, cujo nome vinha sendo discutido, não significa uma derrota. "Não coloco desta forma. Qualquer um dos dois faz parte da nossa pasta", afirmou. Stephanes disse que Fontelles continuará como secretário-executivo da pasta. Segundo o ministro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não tinha preferência pelo secretário-executivo. "Podia ser um secretário-executivo ou um membro direto da equipe", afirmou. Stephanes contou que o presidente Lula perguntou o que ele (Stephanes) achava dos dois nomes. O ministro disse ter respondido que o importante era "manter a equipe". A posse de Rossi e dos demais substitutos de ministros que deixam o governo será amanhã, às 11 horas. Também amanhã Stephanes transmitirá o cargo a Rossi, numa cerimônia marcada para as 14h30 na sede da Embrapa, em Brasília. Na ocasião, Stephanes pretende se pronunciar sobre a agricultura. A expectativa é de que fale sobre a contribuição da manutenção dos índices de inflação dos alimentos para o controle da inflação.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.