Tamanho do texto

Vendas no varejo da zona do euro superam previsões em abril

BRUXELAS, 7 de junho (Reuters) - O volume de vendas no varejo da zona do euro foi maior que o previsto em abril, recuperando-se da queda de março apesar da alta da inflação e da elevação do juro básico pelo Banco Central Europeu (BCE).

A agência de estatísticas Eurostat informou nesta terça-feira que as vendas no varejo dos 17 países que usam o euro cresceram 0,9 por cento sobre o mês anterior em abril, para um aumento anual de 1,1 por cento.

Economistas ouvidos pela Reuters previam um acréscimo mensal de 0,4 por cento e uma leitura anual estável.

Porém, alguns economistas observaram que o aperto fiscal na zona do euro e a alta dos preços das commodities devem manter o gasto do consumidor em xeque.

"Esses dois obstáculos continuarão agindo como uma restrição ao gasto do consumidor no restante do ano. Dito isso, com o gasto do consumidor em muitos países do 'núcleo' mostrando sinais de recuperação, o BCE continua encaminhado para apertar cautelosamente a política monetária", disse Martin van Vliet, economista do ING bank.

(Reportagem de Jan Strupczewski)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.