Tamanho do texto

SÃO PAULO - O gigante do setor varejista Wal-Mart anunciou hoje que suas vendas - excluindo combustíveis - registraram crescimento de 2,4% no período de cinco semanas encerrado em 3 de outubro. O resultado, considerado um termômetro das condições econômicas nos EUA, ficou ligeiramente abaixo das estimativas, que apontavam avanço de 2,5%.

Há pouco, as ações da empresa subiam 2,64% na Bolsa de Nova York. Para o mês de outubro, o Wal-Mart espera alta de 1% a 2% nas vendas.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.