Tamanho do texto

Resultado de 2011 é 2,89% maior que o registrado no ano anterior

As vendas de automóveis e comerciais leves em 2011 somaram 3,426 milhões de unidades, um crescimento de 2,89% sobre o recorde alcançado em 2010, quando foram vendidas 3.329.170 unidades, informou uma fonte do mercado nesta segunda-feira.

Apenas em dezembro, as vendas da principal categoria do mercado brasileiro de veículos foram de 329.237 unidades, expansão de 7,85% sobre novembro, mas queda de 8,9% no comparativo anual, informou a fonte, citando números preliminares.

Leia mais : Hyundai e Kia estimam vendas mais lentas em 2012

Apesar de se tratar de mais um recorde histórico no setor, o resultado ficou abaixo das estimativas da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), que projetava crescimento de 5% no começo de 2011 e revisou sua previsão para 3,3% em novembro último.

As vendas de dezembro foram 8,9% menores perante o mesmo mês de 2010 ou 329.237 unidades contra 361.197 veículos. Já na comparação com novembro, o resultado foi 7,8% maior.

Veja também : Número de recalls no Brasil mais que dobra em oito anos

A liderança do setor permaneceu nas mãos da Fiat, que comercializou 754.276 unidades ao longo de 2011. A Volkswagen veio em seguida com 698.404 unidades vendidas no ano passado. Em seguida ficaram General Motors, com 632.259; Ford (314.016) e Renault (194.294).

Os número oficiais das vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus serão publicados na próxima quarta-feira pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

(com AE)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.