Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Votorantim Celulose e Papel (VCP) fechou o quarto trimestre de 2008 com prejuízo líquido de R$ 970 milhões, revertendo ganho de R$ 191 milhões registrado em igual período de 2007. Gastos com derivativos, dívidas dolarizadas e equivalência patrimonial referente ao investimento feito na Aracruz explicam o resultado negativo.

Em todo o ano, a empresa amargou perda de R$ 1,31 bilhão, contra lucro de R$ 838 milhões em 2007.

No trimestre, a despesa financeira para correção da marcação a mercado dos instrumentos derivativos da VCP foi de R$ 209 milhões. No acumulado do ano, tal despesa somou R$ 335 milhões e o efeito caixa foi negativo em R$ 121 milhões.

Já o resultado financeiro foi negativo em R$ 996 milhões no quarto trimestre, dos quais R$ 583 milhões efeito do resultado contábil da correção da dívida em dólar pelo câmbio do final do período. Segundo a companhia, o resultado não tem impacto caixa imediato, uma vez que o prazo médio da dívida é de 3,5 anos.

No lado operacional, entre outubro e dezembro, a receita líquida da empresa totalizou R$ 661 milhões, leve alta de 6% sobre o observado em igual período de 2007. O mercado interno respondeu por R$ 362 milhões, crescimento anual de 7%, enquanto o mercado externo fez R$ 299 milhões, alta anual de 4%. No acumulado do ano, a receita ficou em R$ 2,48 bilhões, 4,85% menor que a registrada em 2007.

A venda de celulose apresentou queda de 2% no trimestre, totalizando 298 mil toneladas, enquanto a venda de papel aumentou 1%, para 107 mil toneladas. Em 2008, a empresa vendeu 1,2 milhão toneladas de celulose e 391 mil toneladas de papel.

A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) cresceu 3%, somando em R$ 190 milhões no trimestre, com margem de 29%. Segundo a companhia, tal resultado ficou 1 ponto percentual abaixo do guidance. No ano, o Ebitda somou R$ 782 milhões, com margem de 32%, montante 11% menor que o registrado em 2007.

A VCP fechou 2008, com uma dívida líquida de R$ 4,2 bilhões
(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.