Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Circuit City, segunda maior rede de varejo eletrônico dos EUA, vai entrar em processo de liquidação de ativos. A empresa tinha pedido concordata em novembro e, recentemente, disse estar negociando com dois compradores potenciais. No entanto, sem ter recebido propostas, vai fechar as portas e colocar na rua mais de 30 mil funcionários.

" Estamos extremamente decepcionados com este desfecho " , disse o principal executivo da companhia, James Marcum, em comunicado. " Não conseguimos chegar a um acordo com nossos credores e para estruturar uma transação no tempo limitado disponível e esse é o único caminho possível para nossa empresa. "


Posteriormente a rede fornecerá mais detalhes sobre como será a liquidação dos ativos e qual será o futuro do site, das operações no Canadá e da firedogSM - unidade de prestação de serviços ao consumidor. A Circuit City informa ainda que não deve sobrar dinheiro para os acionistas ao fim do processo, mas lembra que as conclusões serão definidas durante o trâmite da falência. No final do ano, a rede tinha 567 lojas nos Estados Unidos e 765 no Canadá.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.