Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Vale anunciou hoje o pagamento de juros adicionais a titulares de notas obrigatoriamente conversíveis em recibos de ações negociados em Nova York (ADR, na sigla em inglês). Receberão o pagamento os detentores das notas com vencimento em 15 de junho de 2010 que foram emitidas pela subsidiária Vale Capital, nas séries RIO e RIO P. Também farão jus ao pagamento adicional os titulares de notas com vencimento em 15 de junho de 2012 emitidas pela Vale Capital II, com as séries VALE-2012 e VALE.

SÃO PAULO - A Vale anunciou hoje o pagamento de juros adicionais a titulares de notas obrigatoriamente conversíveis em recibos de ações negociados em Nova York (ADR, na sigla em inglês). Receberão o pagamento os detentores das notas com vencimento em 15 de junho de 2010 que foram emitidas pela subsidiária Vale Capital, nas séries RIO e RIO P. Também farão jus ao pagamento adicional os titulares de notas com vencimento em 15 de junho de 2012 emitidas pela Vale Capital II, com as séries VALE-2012 e VALE.P-2012. Segundo comunicado da mineradora, as notas da série RIO receberão juros adicionais de R$ 0,722861 por nota, enquanto os detentores das notas da série RIO P receberão R$ 0,857938 por nota. Por sua vez, as notas da série VALE-2012 receberão juros adicionais de R$ 1,042411 por nota, e na série VALE.P-2012 os juros serão de R$ 1,205663 por nota. A partir de amanhã, essas notas não farão mais jus ao pagamento. O pagamento adicional acompanha a decisão da Vale de distribuir R$ 2,198 bilhões - ou ou R$ 0,421660513 por ação ordinária ou preferencial - em remuneração aos acionistas no próximo dia 30, conforme anunciado hoje. Assim, os detentores das notas receberão juros adicionais em dólares americanos equivalentes aos dividendos e/ou juros sobre capital próprio destinados aos titulares de ADRs, considerando nesse caso a proporcionalidade do número de ADRs que receberiam caso as notas fossem convertidas. (Eduardo Laguna | Valor)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.