Tamanho do texto

O UBS, maior banco suíço, anunciou nesta terça-feira um prejuízo líquido de 329 milhões de dólares no segundo trimestre e a divisão de suas atividades em três entidades autônomas.

O número contrasta com o lucro registrado no mesmo período do ano passado.

No início de julho, o UBS informou que esperava um resultado equilibrado ou levemente negativo graças a um dedução fiscal de 2,777 bilhões de dólares.

O UBS sofreu uma desvalorização de ativos de 5,1 bilhões de dólares por sua exposição à crise dos "subprime", as hipotecas de alto risco nos Estados Unidos.

Em conseqüência, o UBS anunciou o prosseguimento da redução de pessoal, custos e riscos.

Leia mais sobre: UBS

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.