Tamanho do texto

Levantamento do IBGE mostra que setor teve alta de 22% no período, enquanto PIB saltou 19,3%

As atividades do setor de turismo cresceram 22% entre os anos de 2003 e 2007 e superou o próprio crescimento da economia brasileira no período, que ficou em 19,3%. Os dados fazem parte do estudo Economia do Turismo – Uma perspectiva Macroeconômica2003-2007, divulgado nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o levantamento, o turismo respondeu por 3,6% do PIB no período.

“Entre 2006 e 2007, o valor adicionado pelas atividades de turismo passou de R$ 73,9 bilhões para R$ 82,7 bilhões”, disse o IBGE. No entanto, o crescimento observado no ano é inferior aos 5,8% registrados pelo conjunto da economia brasileira.

Em 2007, os serviços de alimentação movimentaram R$ 28,9 bilhões – 35% do total – liderando a lista das atividades turísticas. Transporte rodoviário aparece em seguida, com R$ 17,4 bilhões (21,0%, enquanto atividades recreativas, culturais e desportivas tiveram R$ 14,8 bilhões (17,8%).

“As atividades características do turismo ocupavam 5,9 milhões de pessoas, 10,1% do total do setor de serviços e 6,2% do total da economia”, completou o IBGE.

Emprego e salário

Entre 2003 e 2007, o setor teve um crescimento de 9,6% na criação de novos postos de trabalho, ritmo abaixo dos 12% verificados para o conjunto da economia.

“Em 2007, foram pagos R$ 35,9 bilhões em rendimentos (salários e outras remunerações) aos ocupados nas atividades do setor de turismo. Isso representa 4,6% dos rendimentos do setor de serviços e 3,3% das remunerações da economia brasileira”, disse o instituto.

Os salários representaram 85% das remunerações (R$ 30,5 bilhões), e o restante do valor estava associado ao pagamento de contribuições sociais pelos empregadores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.