Tamanho do texto

SÃO PAULO - O tráfego aéreo no Brasil cresceu em janeiro, comparativamente ao mesmo mês do ano passado, de acordo com os dados divulgados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). No setor doméstico, a oferta unitária (medida pelo número de assentos disponíveis por quilômetro voado - ASK) aumentou 9,8%, enquanto a receita unitária (medida pelo número de passageiros pagantes por quilômetro voado - RPK) cresceu 9,6%.

TAM e Gol-Varig continuam a repartir 90% do mercado detido por empresas nacionais.

A TAM se manteve na liderança nos voos domésticos, com participação de 49,51% desse mercado em receita (2,44 milhões RPK) e de 49,08% em oferta (3,38 milhões ASK) e taxa média de ocupação de 72%. A oferta unitária da TAM cresceu 13,8% e a receita unitária subiu 11,8% sobre janeiro de 2008.

A vice-líder Gol-Varig teve participação em receita de 41,05% (2,025 milhão RPK, com alta de 2,7% perante 2008) e em oferta, de 41,34% (2,85 milhões ASK, aumento de 4,1%), com média de 71% ocupação nos voos domésticos.

A OceanAir, terceira no ranking, viu a oferta unitária cair 42,9% em janeiro, ante igual mês do ano passado, para 171,9 mil ASK. A receita unitária, por sua vez, diminuiu 39,8%, para 125,7 mil RPK. A participação da OceanAir no mercado é de 2,49% em oferta e de 2,55% em receita.

A recém-inaugurada Azul, cujas operações começaram em 15 de dezembro, fechou o primeiro mês completo de resultados. A oferta foi de 80,5 mil ASK, correspondentes a 1,17% do mercado´doméstico, e a receita, de 47,57 mil RPK, equivalentes a 0,96% do total.

As operações internacionais continuam dominadas pela TAM, que fechou janeiro com participação de 84,44% em receitas (1,6 milhão RPK, alta de 16%) e com 80% em oferta (2,099 milhões ASK, elevação de 18,9% sobre janeiro de 2008). A Gol-Varig ficou com 15,22% de participação de mercado em receita (queda de 54,3%) e 19,61% em oferta (baixa de 48,8%).

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.