Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Toyota, a maior empresa automobilística do mundo, irá parar sua produção em todas as fábricas dos Estados Unidos e Canadá por dois dias em dezembro. Diante das restrições de crédito e dos efeitos da recessão mundial sobre suas vendas, a montadora anunciou hoje que vai aproveitar o embalo das folgas do Natal para fechar as fábricas da região nos dias 22 e 23 de dezembro.

A empresa, que tem capacidade de produzir cerca de 2 milhões de veículos por ano nos EUA e no Canadá, não disse ainda quantos carros deixará de ofertar ao mercado com essa paralisação. Mas anunciou que, para reduzir os custos, já está considerando inclusive a opção de diminuir a variedade de versões de alguns modelos de carros na América do Norte.

Todas essas medidas, segundo Irv Miller, o vice-presidente do grupo nos EUA, são um ajuste da Toyota à situação preocupante do mercado automobilístico nos Estados Unidos. As vendas da montadora, que não verificavam declínio desde 1995 no país, neste ano caíram mais de 12% no período que vai de janeiro a outubro.

Só em outubro, a queda das vendas da Toyota nos EUA chegou a 23%. De março a setembro, a empresa acumulou cortes de mais de 20% na sua força de trabalho temporária , passando de 8.800 trabalhadores, para 6.800.

(Vanessa Dezem | Valor Online )

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.