Tamanho do texto

Aumento foi adotado por todos os cinco presidentes que governaram o país desde 1981; desde então, elevação passa de 1400%

Nos últimos 30 anos, os Estados Unidos elevaram o teto de sua dívida (autorização dada pelo Congresso ao governo para que este tome dinheiro emprestado para cumprir suas obrigações) nada menos que 35 vezes. Dessas, 17 ocorreram nos oito anos do mandato do republicano Ronald Reagan. O teto da dívida era de US$ 935,1 bilhões no início de seu governo. O democrata Barack Obama tem um teto de US$ 14,29 trilhões - um aumento de mais de 1400% desde 1981. O déficit no orçamento dos EUA é de US$ 1,5 trilhão.

- O histórico esquecido de calotes dos EUA

- Brasil ignora corrida do ouro

Desde 1960, o teto foi elevado 78 vezes.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.