Tamanho do texto

Segundo o ministro Pimentel, um novo financiamento para o banco deverá ser aprovado para 2012

selo

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, afirmou nesta terça-feira que o Tesouro Nacional deverá fazer novas emissões este ano para aportes no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O Tesouro já tem autorização para emitir até R$ 55 bilhões este ano, dos quais R$ 30 bilhões já foram repassados ao BNDES. Pimentel disse que um novo funding para o banco deverá ser aprovado para 2012. "O BNDES precisa de dinheiro todo ano", afirmou.

O secretário executivo do MDIC, Alessandro Teixeira, lembrou que os recursos do Tesouro estão dentro da política industrial porque as linhas de financiamento do BNDES precisam de equalização. Pimentel afirmou que não acredita que esses subsídios do Tesouro possam ser questionados na Organização Mundial do Comércio (OMC). "Sempre operamos com taxas de juros superiores às internacionais. Então, não tem subsídio", disse o ministro.

Pimentel informou ainda que medidas para o Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) e o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Indústria de Semicondutores (Padis) estavam previstas para entrar no pacote hoje, mas não foi possível concluir as discussões e as medidas devem ser anunciadas ainda neste mês.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas