Tamanho do texto

A Telecom Italia decidiu se concentrar na venda de seus ativos internacionais, enquanto congela a possibilidade de fusão com a espanhola Telefónica, informou ontem o jornal Corriere della Sera, sem citar fontes. No Brasil, a operadora italiana controla a operadora celular TIM.

A Telecom Italia agora está trabalhando em seu "plano B", disse o jornal italiano, que consiste em manter a independência, concentrando-se na infraestrutura de telecomunicações. A operadora também estuda vender sua divisão de televisão e a rede de lojas de serviços de telefonia. As vendas ajudariam a operadora italiana a reduzir seu endividamento.

A reportagem diz ainda que o novo plano de três anos, que será apresentado pelo grupo na sexta-feira, vai basicamente confirmar as metas anteriores.

A compra da Telecom Italia pela Telefónica traria problemas regulatórios no Brasil. O grupo teria de escolher entre a TIM e a Vivo, em que a operadora espanhola tem 50%. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.