Tamanho do texto

Estatal divulga audiência pública de primeiro processo de licitação para poder usar cabos de Petrobras e Eletrobras no PNBL

A Telebrás começa a se movimentar para colocar o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) em prática. Hoje, a estatal lançou a primeira consulta pública de licitação para contratar equipamentos para aumentar a espinha dorsal (backbone) de cabos de fibra óptica no país. Essa é a primeira licitação para que a Telebrás chegue à meta de levar a internet de banda larga a 4283 municípios até 2014.

Esses equipamentos que serão licitados vão fazer com que a Telebrás possa usar os cabos já existentes dos sistemas Eletrobras e Petrobras para a transmissão de dados. Atualmente, esses cabos existem, mas estão “apagados”, ou seja, sem uso significativo. Clique para ver a consulta .

Além dos equipamentos, serão contratados também serviços de instalação, treinamento e operação, incluindo garantia e assistência técnica. A contratação será feita por pregão eletrônico. Depois de encerrada a audiência pública, no dia 1º., os editais deverão ser publicados ainda em outubro.

A aquisição desses equipamentos e serviços deverá permitir que, ainda neste ano, a Telebrás leve a banda larga a 100 cidades, mais 15 capitais, além do Distrito Federal, conforme metas definidas no PNBL, neste ano. A estatal venderá banda larga no atacado para provedores e operadoras, que farão o acesso para os usuários finais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.