Tamanho do texto

As obras de reparo no gasoduto Bolívia-Brasil em Belchior, área próxima a Gaspar, em Santa Catarina, foram interrompidas no último domingo (dia 30) por determinação da Defesa Civil do Estado, em razão do mau tempo na região. A Defesa Civil restringiu a circulação de pessoas no local, o que inclui o ponto em que está sendo consertado o duto rompido no dia 23 do mês passado, após as fortes chuvas e os deslizamentos de terra que atingiram a região.

A Transportadora de Gás Bolívia-Brasil (TBG) informou que as obras continuam interrompidas hoje, aguardando a liberação da Defesa Civil. A TBG não alterou, até o momento, o prazo de 21 dias estimado para o reparo do gasoduto, mas a previsão depende das condições climáticas.

Até a interrupção do trabalho, havia sido concluída a preparação do terreno e três tubos foram perfilados, prontos para a soldagem. Por causa do rompimento no gasoduto, a maior parte do Estado catarinense deixou de receber gás natural e também o Rio Grande do Sul.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.