Tamanho do texto

RIO - A taxa acumulada pelo Produto Interno Bruto (PIB) de 6,3% nos últimos quatro trimestres, frente aos quatro trimestres imediatamente anteriores, é o maior resultado da série histórica elaborada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), iniciada em 1996. Se o ano terminasse agora, o PIB seria o maior da série , frisou Rebeca Palis, gerente de contas trimestrais do IBGE.

O resultado do PIB também foi o maior da série histórica para o acumulado nos nove primeiros meses do ano. A economia brasileira cresceu 6,4% entre janeiro e setembro, contra 5,5% acumulados nos nove primeiros meses do ano passado.

O resultado de 6,8% de crescimento observado no terceiro trimestre frente ao terceiro trimestre do ano passado foi o maior para este tipo de comparação desde os 7,8% do segundo trimestre de 2004.

Já a taxa de 1,8% em relação ao segundo trimestre deste ano representa o maior avanço frente a um trimestre imediatamente anterior desde os 2,3% do segundo trimestre 2005.

Leia mais sobre PIB

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.