Tamanho do texto

Seul, 21 jul (EFE).- A população da Coréia do Sul é a que mais horas trabalha entre os países que formam a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), segundo um estudo oficial divulgado hoje.

Segundo revela um relatório do Ministério de Estratégia e Finanças sul-coreano, a Coréia do Sul é o único país entre os membros da OCDE onde a jornada de trabalho superou as 2 mil horas anuais em 2007.

Polônia, República Tcheca e Japão figuram entre os países onde a jornada de trabalho superou 1.800 horas.

Quanto ao salário médio, a Coréia do Sul alcançou, em 2006, os US$ 25.379, um número que representa 64% do salário médio da OCDE, de US$ 39.743. EFE ce/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.