Tamanho do texto

Estocolmo, 16 - A fabricante de telefones celulares Sony Ericsson registrou prejuízo líquido de € 187 milhões (US$ 246,84 milhões) no quarto trimestre de 2008, de lucro de € 373 milhões no mesmo período do ano anterior. A companhia nipo-sueca informou que a queda na demanda e na disponibilidade de crédito foram os principais responsáveis pelo resultado negativo do período.

A empresa, uma joint venture entre a japonesa Sony e a sueca Ericsson, disse que espera uma deterioração do mercado em 2009, especialmente no primeiro semestre. Da mesma forma, analistas têm previsto que o mercado mundial de celulares irá ter contração em 2009 pela primeira vez desde 2000/2001. Em dezembro, a finlandesa Nokia previu queda de 5% ou mais nas vendas de aparelhos celulares este ano.

A Sony Ericsson vendeu 24,2 milhões de celulares no trimestre encerrado em 31 de dezembro de 2008, de 30,8 milhões de aparelhos no mesmo intervalo de 2007. As vendas do período recuaram para € 2,91 bilhões, de € 3,77 bilhões na comparação anual. O preço médio dos aparelhos vendidos caiu € 2, para € 121. A companhia ficou com participação no mercado global de celulares de 8%, mesmo patamar do trimestre anterior. No quarto trimestre de 2007, porém, sua fatia era de 9,4%.

O resultado do quarto trimestre inclui encargos únicos de reestruturação de € 129 milhões, o que deverá gerar economia de € 300 milhões até meados deste ano. A companhia informou ter iniciado um programa de corte de custos que irá gerar economias de € 180 milhões por ano. Os efeitos serão sentidos a partir do final de 2009. "Os resultados foram mais fracos que o esperado", disse o analista Greger Johansson, da Redeye. "O cenário para 2009 parece preocupante", acrresentou. O plano de corte de custos, contudo, será bem visto pelo mercado, afirmou. As informações são da Dow Jones.

(Ana Conceição)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.