Tamanho do texto

Segundo consultoria, clima adverso de janeiro a março prejudicou as lavouras de soja no Rio Grande do Su

selo

A consultoria Informa Economics reduziu nesta quarta-feira sua perspectiva para a produção de soja do Brasil e da Argentina na temporada 2011/12, segundo traders. A estimativa da safra brasileira caiu de 68 milhões para 66,5 milhões de toneladas, disseram as fontes. No mês passado, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) previu 68 milhões de toneladas.

Um clima adverso de janeiro a março prejudicou as lavouras de soja no Rio Grande do Sul. O Brasil é o maior exportador e o segundo principal produtor da oleaginosa no mundo. Já a projeção da colheita argentina em 2011/12 sofreu um corte de 2,5 milhões, para 45 milhões de toneladas, de acordo com os traders.

Embora o clima tenha mudado no início de janeiro de seco para úmido, isso não foi suficiente para beneficiar a floração e o desenvolvimento do grão. A Argentina é o terceiro maior exportador mundial de soja em grão, e o principal fornecedor de óleo e farelo.

Milho

A Informa manteve a previsão da produção 2011/12 do Brasil em 62 milhões de toneladas, mas baixou a da Argentina para 22 milhões de toneladas, queda de 500 mil toneladas frente à estimativa anterior, informaram traders. O USDA também estimou a colheita argentina em 22 milhões de toneladas.

Algodão

A safra mundial de algodão foi projetada pela Informa em 123,8 milhões de fardos, 291 mil fardos abaixo do volume previsto no mês passado, de acordo com as fontes. A redução de 500 mil fardos na estimativa da colheita da China foi ofuscada pelo aumento de 600 mil fardos previsto no Paquistão, segundo traders. Os dados do USDA sobre o produto devem ser divulgados no dia 10 de abril.

Trigo

Nos Estados Unidos, a produção de trigo de inverno deve ser de 1,631 bilhão de bushels, um aumento de 138 milhões em relação ao ano passado, segundo a Informa. A safra de trigo vermelho de inverno deve alcançar 979 milhões de bushels, 199 milhões a mais ante o ano anterior. A safra de trigo branco deve totalizar 225 milhões de bushels, uma queda de 31 milhões de bushels em relação ao ano passado. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.