Tamanho do texto

O UAW (Union Auto Workers), o sindicato americano do setor, expressou nesta quarta-feira apoio ao plano de ajuda aos três grandes fabricantes da indústria automotiva de Detroit (Michigan, norte).

"O UAW apóia o compromisso bipartidário que prevê a liberação urgente de 15 bilhões de dólares", declarou seu presidente Ron Gettelfinger, em comunicado.

Segundo a nota, "investir na indústria manufatureira americana tem sentido. Estão em jogo três milhões de empregos, assim como um milhão de aposentadorias e encargos de saúde", recordou o sindicalista.

aa/fga/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.