Tamanho do texto

O setor privado americano cortou 522.000 empregos (fora agricultura) em janeiro, segundo estudo do gabinete em recursos humanos ADP publicado nesta quarta-feira.

A dimensão das perdas de empregos é superior ao previsto pelos analistas, que esperavam 515.000 cortes.

A ADP revisou em baixa sua estimativa de perdas do mês precedente a 659.000 (em vez dos 693.000 anunciados anteriormente).

Segundo o ADP, o setor de serviços, que garante cerca de 85% do emprego não-agrícola nos EUA, perdeu 279.000 vagas em janeiro. O emprego também recuou pelo 24º mês consecutivo na indústria, onde 243.000 postos foram cortados,

mj/fga/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.