Tamanho do texto

Nova York, 3 dez (EFE).- O setor serviços nos Estados Unidos se contraiu em novembro, depois de dois meses seguidos de aumento, informou hoje o Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês).

Elaborado para medir a evolução do segmento, o índice ficou em 48,7 pontos em novembro, frente aos 50,6 pontos em outubro.

Os economistas esperavam que esse setor da economia continuasse o processo de crescimento que demonstrou nos dois meses anteriores e previam um índice de 51,5 pontos.

Quando o indicador registra um valor superior a 50 pontos significa um avanço generalizado da atividade nas empresas de serviços, quando está abaixo reflete uma contração.

"Os comentários dos pesquisados seguem sendo cautelosos com relação às condições de negócio e refletem a preocupação sobre o tempo que a economia deve levar para se recuperar", disse o analista da entidade, Anthony Nieves, em comunicado de imprensa.

Já o subíndice, relativo a novos pedidos, desceu para 55,1 pontos, de 55,6 pontos em outubro, e o índice correspondente ao emprego ficou em 41,6 pontos no mês passado, 0,5 pontos a mais do que no anterior.

O indicador relativo aos preços pagos pelas empresas por bens e serviços para desenvolver sua atividade ficou em 57,8 pontos, acima dos 53 pontos de outubro.

Outro relatório da entidade, relativo ao setor manufatureiro, refletiu que a atividade avançou no mês passado, pelo quarto mês consecutivo, embora em um ritmo mais lento que em outubro. EFE vm/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas