Tamanho do texto

Os setores de serviços, indústria de transformação e construção civil registraram recorde na abertura de novas vagas de trabalho formal para os meses de fevereiro. Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados hoje, o setor de serviços registrou a criação de 85.

607 vagas líquidas em fevereiro deste ano. Já a indústria de transformação teve saldo líquido de 63.024 postos de trabalho.

De acordo com o Ministério do Trabalho, 7 dos 12 ramos da indústria pesquisados tiveram desempenho recorde no mês passado: metalurgia, calçados, têxtil, química, material de transporte, madeira e mobiliário e minerais não-metálicos.

A construção civil, por sua vez, teve um saldo líquido de 34.735 vagas em fevereiro. Para o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, o resultado forte da construção civil refletiu o desempenho do programa habitacional "Minha Casa, Minha Vida", do governo federal. Ele afirmou que, como os processos de licenças ambientais demoram, os efeitos do programa habitacional serão sentidos de verdade neste ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.