Tamanho do texto

O Banco Santander entrou no credenciamento de estabelecimentos comerciais para as bandeiras de cartões de crédito e débito. Em parceria com a empresa de tecnologia GetNet, o banco anunciou ontem o lançamento do Santander Conta Integrada, serviço que reúne produtos financeiros para lojistas e afiliação de estabelecimentos.

O Santander vai oferecer ao lojista uma conta corrente integrada com o recebimento do dinheiro movimentado nas transações com cartões de crédito e débito. O estabelecimento também terá um terminal leitor de cartões (chamado de POS), que permitirá, além das transações com os plásticos, outros serviços, como pagamentos de contas.

O banco espanhol já tem licença para credenciar bares e restaurantes para a bandeira MasterCard. A Visa ainda tem contrato de exclusividade com a Cielo (antiga Visanet) até o fim de junho. Mas, após 1º de julho, outras empresas vão poder credenciar estabelecimentos para a bandeira americana. Terça-feira, a Redecard anunciou que já se está preparando para isso.

Segundo fontes, a estratégia do Santander vai ser agressiva para disputar esse mercado, hoje dominado por Cielo e Redecard. Um executivo do setor disse que o banco pretende oferecer, em um primeiro momento, credenciamento sem custos para atrair novos clientes. No geral, as empresas credenciadoras cobram um aluguel do POS que varia de R$ 80 a R$ 200 por mês.

O Santander espera conquistar até 2012 uma participação de 10% no volume de transações do mercado de cartões. O banco também tem a expectativa de, até o mesmo ano, ter 150 mil novas contas originadas pelo processo de credenciamento e 300 mil estabelecimentos comerciais cadastrados.

A expectativa é de que o relacionamento com esses credenciados tenha o potencial de gerar R$ 5 bilhões em operações de financiamentos até 2012.

Para conquistar os estabelecimentos comerciais, o banco diz que será agressivo. Vai oferecer até 100% de redução no pacote de tarifas da conta corrente para os estabelecimentos que registrarem captura de cartões de crédito e débito acima de R$ 3 mil por mês. Além disso, os limites de crédito da conta garantida e no capital de giro serão concedidos em função do volume financeiro capturado.

Como serviço secundário, o banco vai oferecer também recarga de celular e captura de cartões regionais. O Santander anunciou no ano passado a intenção de entrar no mercado de credenciamento de cartões de crédito e, para isso, fechou a parceria com a GetNet, que está presente hoje em mais de 160 mil lojistas. A projeção é de que o mercado de cartões cresça aproximadamente 20% ao ano e dobre de tamanho em 4 anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.