Tamanho do texto

O fundo de investimentos Equity International, do megainvestidor americano Sam Zell, embolsou cerca de R$ 362 milhões na última sexta-feira com a venda de ações da construtora e incorporadora Gafisa e da BRMalls, empresa líder no setor de shopping centers no Brasil

selo

O fundo de investimentos Equity International, do megainvestidor americano Sam Zell, embolsou cerca de R$ 362 milhões na última sexta-feira com a venda de ações da construtora e incorporadora Gafisa e da BRMalls, empresa líder no setor de shopping centers no Brasil. Com a operação, o fundo reduziu de 7,18% para 2,6% a participação na construtora e de 5,9% para 2,7% na BR Malls. Essa é a terceira vez que Zell vende parte de sua fatia na Gafisa, onde é sócio desde 2005, e a segunda na BR Malls, empresa que ajudou a criar em 2006. "Nosso entusiasmo pelo Brasil nunca foi tão grande e continuamos buscando oportunidades em setores novos e nos já existentes. Estamos confiantes de que Gafisa e BR Malls continuarão liderando a construção de imóveis e de shopping centers, que estão entre os setores mais vibrantes do Brasil", disse, em comunicado oficial, Gary Garrabrant, diretor executivo do Equity International e cofundador do fundo com Zell em 1999. "A operação de hoje reflete simplesmente a filosofia do grupo de ter disciplina e embolsar o retorno dos investimentos." Desde maio deste ano, quando se desfez de parte das ações da Gafisa, o grupo americano passou a deter 7,18% da companhia. Naquela ocasião, analistas do mercado viram a transação como um "alerta" e insinuaram que a operação poderia indicar a saída do fundo da empresa. Na semana seguinte, os investidores trataram de se explicar oficialmente, dizendo que a venda fazia parte de uma estratégia de diversificação dos investimentos em outras construtoras. A operação, em maio, ocorreu num contexto negativo para as empresas do mercado imobiliário brasileiro listadas na bolsa - o índice que reúne essas companhias na BM&Bovespa tinha acumulado perdas de 11% no ano. O Equity International comprou 32% da Gafisa, por US$ 50 milhões, em 2005. E, em fevereiro de 2006, a Gafisa fez sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). Na última sexta-feira, as ações da empresa registraram alta de 3,14%, enquanto o Ibovespa subiu 1,15%. Na BR Malls, Sam Zell está desde 2006. Ele participou da criação da empresa com a GP Investimentos, que saiu definitivamente da companhia em janeiro deste ano. Em julho, o Equity vendeu 18,2 milhões de ações ordinárias da empresa - cerca de 9% do capital social. A BR Malls é a maior empresa de shopping centers do País, com participação em 35 empreendimentos. A empresa abriu o capital na Bolsa em abril de 2007. O volume consolidado de vendas dos lojistas dos shoppings da BR Malls somou R$ 11 bilhões em 2009, um crescimento de 13,5% em relação ao ano anterior. Hoje, além de ser sócio da Gafisa e da BR Malls, Sam Zell tem participação na Bracor, especializada em imóveis comerciais e industriais; na AGV Logística; na construtora popular Tenda; e na Brazilian Finance & Real Estate, de hipotecas residenciais, securitização de recebíveis e estruturação de fundos imobiliários. Com 19 empresas na carteira, o Equity International já investiu mais de US$ 1,5 bilhão em companhias do muito inteiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.